6 Dicas Eficientes de Negociação Salarial

O salário é a parte mais sensível de todo o processo de contratação. Por isso, hoje vamos dar 6 Dicas Eficientes de Negociação Salarial.

 

Discutir a pretensão salarial muitas vezes causa ansiedade no candidato e no empregador. Segure a onda e não pergunte sobre salário no início do processo seletivo.

 

Haverá oportunidade para que expresse qual é sua pretensão salarial. Geralmente, a própria empresa inicia o assunto, ao final da entrevista, quando informam todos os dados sobre a vaga e benefícios oferecidos.

 

É sempre melhor que a empresa diga qual é o salário que pretendem oferecer. Assim você terá oportunidade de se preparar e estabelecer uma estratégia de negociação.

 

Quando você tiver efetivamente uma proposta de contratação nas mãos, aí sim, será o melhor momento para iniciar sua negociação salarial.

 

É importante ressaltar que profissionais que estão empregados têm obviamente um poder de negociação maior que profissionais desempregados. Geralmente conseguem negociar salários com cerca de 20-30% de aumento.

 

Para os desempregados também há possibilidade de uma excelente negociação. É claro que tudo dependerá de como venderão seus peixes.

 

Profissionais recém-formados, sem nenhuma experiência, devem ficar atentos e conhecer muito bem seu potencial para realizar uma boa negociação.

 

É necessário pesquisar os valores que outras empresas estão oferecendo para a mesma oportunidade antes de aceitar uma oferta imediata.

 

A partir daí, é possível negociar o salário oferecido por um valor um pouco maior.

 

Se você quiser saber tudo sobre como realizar uma excelente negociação salarial recomendo que conheça >>> “Manual Definitivo: Como Vencer o Desemprego – Passo a Passo até Aprovação”<<<

 

 

6 Dicas Eficientes de Negociação Salarial

negociação salarial

 

 

1) Pesquisa:

Antes do início do processo de entrevista, faça uma pesquisa sobre a média salarial de seu cargo na sua área de atuação.

 

Veja abaixo 2 locais onde você pode realizar esta pesquisa online:

 

Assim que você estiver com essas informações em mãos, analise cuidadosamente suas necessidades mensais de caixa.

 

Lembre-se que você precisa calcular as deduções (INSS, FGTS, Plano de Saúde, Alimentação, Transporte, etc), ou seja, tudo o que pode afetar seu ganho líquido, pois será esse efetivamente seu salário.

 

 

2) Determine suas habilidades:

Você deve entender que diferentes segmentos exigem habilidades diversas, tudo depende da configuração da sua área de atuação.

 

O que se percebe é que em geral, profissionais das áreas de exatas tem faixa salarial ligeiramente mais alta que profissionais das áreas de humanas.  Analistas de TI recebem salários maiores do que Analistas de Marketing, por exemplo.

 

Depois de ter estabelecido quais são suas habilidades e o que valem para o seu mercado de trabalho, você terá uma faixa salarial para sua negociação.

 

Procure informar faixa salarial quando for perguntado sobre sua pretensão. Evite dar um valor fixo ou ainda se basear no valor de seu último salário ou atual.

 

Sempre diga a verdade quando se trata de seu último salário.

 

3) Pesar o pacote de remuneração da empresa:

Para determinar seu valor justo de mercado, você deve ainda considerar os fatores econômicos, geográficos e da sua área de atuação.

 

Avalie os benefícios oferecidos, bônus, promoções, seguro, tempo livre, aposentadoria, para garantir um pacote salarial condizente com sua expectativa.

 

 

4) Saiba se Vender:

Se você sabe o que pode oferecer, então seja firme quanto sua expectativa de remuneração. Se você fizer uma proposta discreta, o entrevistador entenderá que o salário proposto não é apropriado para sua bagagem profissional.

 

 

5) Tenha uma atitude positiva:

A negociação é basicamente um processo que deve beneficiar ambas as partes. Um ganha-ganha. Avalie se o pacote de benefícios compensa o salário, que talvez não seja exatamente o que imaginou. Não force a barra. Compreenda as suas necessidades e as da empresa.

 

 

6) A oferta final:

Se a negociação for concluída e o acordo salarial definido, não tente forçar ainda mais o salário. Você dará uma primeira impressão negativa da sua parte e já começará com o pé esquerdo.

 

 

Últimas Dicas

 

Uma vez que você venha a ser contratado, ofereça suas habilidades à empresa e prove seu real valor fazendo um trabalho de qualidade.

 

Acredite, com sua atitude positiva e com bons resultados, você poderá obter uma promoção muito em breve…

 

Se você quiser saber mais sobre como fazer um ótimo currículo >>>Clique aqui e baixe grátis o Guia Completo Como Criar um Currículo Vencedor a Partir do Zero<<<

 

Se você quiser saber tudo sobre como passar em entrevistas de emprego recomendo que conheça >>> “Manual Definitivo: Como Vencer o Desemprego – Passo a Passo até Aprovação”<<<

 

Deixe seu comentário abaixo e Boa Sorte!!!

 

Por | 2018-02-24T01:11:09+00:00 22 de fevereiro de 2018|Categorias: EMPREGOS|0 Comentários

Sobre o autor:

Évora Ferraz
Évora Ferraz é Master Coach, Especialista em Coaching Executivo e de Carreira e vai ajudar você de forma simples e prática, a conseguir o emprego TOP que vem buscando. Junte-se a centenas de pessoas que já conseguiram o emprego que mudou suas vidas simplesmente seguindo suas dicas, artigos, passo a passo e conteúdos. Aproveite todo o arsenal disponibilizado aqui. Curta, siga-nos e compartilhe. E lembre-se sempre de mandar notícias de seu novo emprego. A gente adora ter contato com você!
Baixe o E-book: "Como Criar um Currículo Vencedor a Partir do Zero"Download GRÁTIS